CidadePolícia

Um homem foi preso em flagrante pela Polícia Federal por posse de pornografia infanto-juvenil

Em um dos casos contou-se com a colaboração do FBI, no âmbito da força-tarefa internacional de combate a crimes contra crianças.

Um homem foi preso em flagrante pela Polícia Federal por posse de pornografia infanto-juvenil na manhã desta sexta-feira (22). A prisão aconteceu durante o cumprimento de três mandados de busca e apreensão durante operação contra a disseminação de pornografia infantil na internet na Grande Vitória e Região Serrana.

De acordo com a Polícia Federal, o preso consta na lista do FBI (Federal Bureau of Investigation dos EUA) e da ICAC (Internet Crimes Against Children) como integrante dos 100 maiores distribuidores de arquivos de pornografia infantojuvenil do mundo por meio de redes P2P.

Os casos tiveram origem em dados coletados pela própria polícia federal e estão relacionados ao compartilhamento ou disponibilização de arquivos ilícitos em redes internacionais. Em um dos casos contou-se com a colaboração do FBI, no âmbito da força-tarefa internacional de combate a crimes contra crianças.

As penas previstas para o compartilhamento vão de 3 a 6 anos e para a posse de 1 a 4 anos.

A operação

O nome “Operação Lumiar” faz referência a “iluminar”, bem como ao substantivo lumiar, sinônimo de limiar, “aquilo que está no início”. Remete-se, portanto, tanto à ação de jogar luz em atos criminosos praticados de forma oculta, quanto às crianças e adolescentes, que estão no estágio inicial da vida.

(fonte tribuna online)

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close