Sem categoria

Polícia caça acusado de espancar vendedora em Minas Gerais

Com a prisão preventiva decretada, Jonas Amaral, acusado de espancar a namorada Jane Cherobin, está sendo caçado em Minas Gerais. Ontem, dois policiais de Alegre viajaram para Espera Feliz.

O chefe da Delegacia Regional de Alegre, Ricarte Teixeira, disse que as polícias Civil e Militar de Minas Gerais auxiliam nas buscas.

“Hoje (ontem), nossa equipe foi à casa do pai do acusado, em Minas, e pediu que se o filho entrasse em contato, que o aconselhasse a se entregar, porque a população está muito revoltada e pode encontrá-lo e fazer alguma coisa de ruim. O negócio é se entregar e responder.”

Já o advogado da família da vítima, Bruno Gaspar, recebeu uma informação ontem de que Jonas está monitorando tudo sobre o caso pelas redes sociais. Ele já repassou essa informação à polícia capixaba e mineira. Porém, Jonas pode ser preso em qualquer local do País, devido ao mandado de prisão.

Um áudio enviado por Jonas à mãe de Jane após o crime — no qual ele diz que Jane estava fingindo estar desmaiada no asfalto —, também foi remetido à polícia.

Bruno pretende conversar com ela, assim que tiver a liberação dos médicos. Mas adiantou que vai pedir o indiciamento de Jonas por tentativa de feminicídio, além de tortura e roubo de celular. Segundo ele, a pena pode chegar a 25 anos de prisão, se condenado.

“Ele arrastou o rosto dela no asfalto, tem marcas de estrangulamento e a espancou. Está desfigurada. Um irmão falou que a covardia com ela é muito maior do que a gente pensa.”

Da Redação

COMPARTILHAR
Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar? Powered by QuadLayers
Close

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios