CidadeSooretama

No sol, na chuva, assim vivem os moradores de Sooretama, desde os tempos de Córrego D’água

Sem abrigo nas paradas de ônibus, usuários do transporte público de Sooretama esperam o ônibus em pé e no tempo

O sofrimento é antigo, sem abrigo sem banco, a espera de ônibus em Sooretama representa um sofrimento aos usuários do transporte público de Sooretama.

No sol, na chuva, grávidas e  crianças, idosos e pessoas com necessidades especiais, precisam esperar pelo ônibus em pé, pois as paradas de ônibus em Sooretama não tem abrigado e nem bancos para os usuários.

O vereador Paulão Correia disse : “O desrespeito com o cidadão não  é  de hoje,  e eu tenho cobrado tanto da prefeitura de Sooretama quanto da concessionária que administra a rodovia BR 101, e da empresa que opera na Linhares X Sooretama”. Paulão ainda ressaltou que desde 1996 quando Sooretama foi desmembrada de Linhares ele luta pela instalações dos abrigos nas paradas de ônibus na cidade.

Isto ocorre há mais de 30 anos

Parada de ônibus em frente a sede do legislativo e próximo a escola Alberto Stand Jr

 

 

Nossa equipe solicitou uma explicação da prefeitura de Sooretama que se manifestou por meio de nota. veja a nota.

NOTA OFICIAL

No último mês de março o Prefeito de Sooretama Alessandro Broedel se reuniu com representantes da empresa Joana D’arc, responsável pelos transporte público no município. Na reunião em que esteve presente o diretor administrativo da empresa, Antônio Luiz Comério, além de seu representante jurídico, ficou acordado que seriam instalados abrigos nos pontos de ônibus da cidade além de serem discutidos assuntos relativos a melhoria na prestação do serviço de transporte à população. No mês de abril a empresa entregou um dos abrigos ao município e informou que novos abrigos estão sendo produzidos e que em breve serão entregues a administração para a devida instalação. Os novos abrigos contemplarão os pontos de ônibus citados pela reportagem.

Nossa equipe conversou com o Doutor Félix Cavallini Zandomeneghi para entendermos o que diz a legislação sobre o transporte público, e disse:” Como é notório a empresa que mais trafega no Município é a Viação J. D. Pergunto novamente, esta empresa possui concessão Municipal ou só Estadual? Nessa concessão ficou acordada a obrigação de construir os abrigos de ônibus no município? O que não pode é os responsáveis ficarem nesse jogo do “empurra – empurra”, quem deve fazer é a viação, quem deve fazer é o Município, entra ano e sai ano e nada, e o povo tomando chuva ou sol nos pontos de ônibus.

Da Redação

 

COMPARTILHAR
Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar? Powered by QuadLayers
Close

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios