Polícia

Protesto contra alagamentos interdita trânsito na Avenida Carlos Lindenberg

O protesto gerou intensos congestionamentos no trânsito na região da Segunda Ponte e por toda a Avenida Carlos Lindenberg.

Um grupo de aproximadamente 70 pessoas interditou a Avenida Carlos Lindenberg, na altura do bairro Cobilândia, no município de Vila Velha, desde a tarde desta segunda-feira (20). A manifestação ocorreu em razão dos alagamentos na região, causados pelas chuvas do fim de semana.

O protesto gerou intensos congestionamentos no trânsito na região da Segunda Ponte e por toda a Avenida Carlos Lindenberg. Os manifestantes fizeram uma espécie de revezamento na interdição, bloqueando um sentido por 10 minutos e, em seguida, o outro por mais 10 minutos. O protesto foi encerrado por volta das 19h35.

De acordo com moradores, a água ainda não baixou no bairro e a situação de várias famílias é complicada.

O que diz a prefeitura

Por meio de nota, a Prefeitura de Vila Velha informou que o município tem sofrido historicamente em razão da sua topografia plana, por causa da ausência de uma melhor infraestrutura para garantir um escoamento mais célere das águas de chuva.

Nesta segunda-feira o Prefeito Max Filho assinou o decreto de Situação de Emergência com efeitos retroativos ao dia 17 de maio, que foi o início do grande volume de chuva ocorrida na cidade, próxima a 200 milímetros em apenas 24 horas.

A prefeitura informou ainda que trabalha na recuperação da cidade, especialmente em regiões muito afetadas. A nota ainda diz que diversas equipes estão trabalhando na limpeza, drenagem e monitorando todas as áreas de risco ou muito afetadas pela chuva.

De acordo com a prefeitura, desde às 10h deste domingo (19) foi aberta uma comporta em Cobilândia para escoar a água no canal Marinho. Contudo, a prefeitura ressaltou que o escoamento acontece em baixa velocidade, por causa do volume de água no canal.

“O sistema de bombeamento está funcionando ininterruptamente. O Governo do Estado já publicou os editais dos projetos executivos no mês passado. Além disso, vai abrir a licitação em meados de junho, para conhecermos quais as empresas que estarão detalhando esses projetos executivos de macrodrenagem, sobretudo na Região 4”, disse a prefeitura na nota.

(Fonte: folhavitoria)

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios