Estilo de VidaNegócios

Inscrições abertas para curso básico de classificação e degustação de Cafés em Linhares

O objetivo do treinamento é iniciar formação de avaliadores da qualidade de cafés das cooperativas, associação de produtores.

A Fundação de Desenvolvimento Agropecuário do Espirito Santo (Fundagres), com o apoio do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper) realiza entre os dias 25 e 28 de junho o treinamento básico para classificadores e degustadores de café (conilon e arábica). O evento será na Unidade de Referência em Qualidade de Café, localizada no Centro de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (CPDI- Norte), no município de Linhares.

O objetivo do treinamento é iniciar formação de avaliadores da qualidade de cafés das cooperativas, associação de produtores e de empresas cafeeiras que demandam a formação de profissionais para operacionalização de salas de provas. Esse curso pode ser extensivo a estudantes de agronomia, pesquisadores, técnicos agrícolas e agrônomos, bem como aos demais parceiros que tenham interesse em conhecer todo o processo de classificação e degustação do café.

Com a carga horária de 36 horas, a programação conta com aulas teóricas e práticas que abordarão os seguintes temas: noções de pontuação da classificação de qualidade de cafés protocolos SCAA e CQI/UCDA; noções de aroma, corpo, acidez e amargor presentes no café; origem natureza, equivalência, causas, prevenção e correção dos defeitos no café; entre outros.

O curso será ministrado pelo consultor da Prove Café, o classificador COB MAPA e R-Grader, Rondinélio Sartori, além do pesquisador Incaper José Altino Machado Filho.

“Esse curso é realizado com o mesmo padrão dos que são realizados em outros estados, e tende a formar profissionais para se tornarem aptos para trabalhar em salas de prova e degustação de café. O diferencial é a conexão da qualidade avaliada na xícara com o manejo pós-colheita dado ao café no campo. Este ponto é importante, pois o participante vai aprender a origem dos defeitos e virar um multiplicador para conscientizar o produtor das atitudes que ele toma no campo, como os tratos culturais que às vezes é feito de forma incorreta e acaba prejudicando a qualidade do café produzido”, explicou o pesquisador do Incaper.

Para fazer a inscrição é só ligar para: 33715165 / 33714595 / 998884790.

COMPARTILHAR
Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?
Close

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios