Polícia

PM e PC cumpre 40 mandados de busca e apreensão no Espírito Santo

A operação também contou com o apoio dos policiais da Coordenadoria de Recursos Especiais (CORE).

A Polícia Civil, por meio da Divisão patrimonial – DRCCP/DEIC, em conjunto com o 7º Batalhão da Polícia Militar e Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Cariacica, realizou a prisão de 13 indivíduos e cumpriu 40 mandados de busca e apreensão, durante a Operação Asfixia.

Nas investigações, a Polícia Civil identificou suspeitos de envolvimento em crimes contra o patrimônio, tráfico de drogas e homicídios em diversos bairros de Cariacica. A operação também contou com o apoio dos policiais da Coordenadoria de Recursos Especiais (CORE).

O Delegado Geral da Polícia Civil, José Darcy Arruda explicou que “a Operação Asfixia é um complemento à Operação Território, desenvolvida em maio deste ano com o objetivo de prender homicidas, latrocidas e traficantes. Esta foi uma operação muito exitosa”, disse.

Durante as diligências, os policiais prenderam 13 indivíduos, sendo três por cumprimento de mandado de prisão e dez por autuações em flagrante. Júlio Cesar Barcelos de Mattos Oliveira, 38 anos; Eleno Da Rocha Máximo, 45 anos e Janderson Silvares Vitor Gonzaga, 19 anos, tinham mandados de prisão em aberto. Willian Pereira De Souza Vida, 27 anos, foi autuado por tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo; Maria da Penha Lobato, 43 anos; Julia da Silva Borges, 21 anos; Lucas Souza Nunes, 21 anos; Andreli de Jesus Lopes, 21 anos; Juliana Correa Schwanz, 18 anos; Leonardo dos Santos Candido, 18 anos; Erisvaldo Santana Souza, 24 anos e Mateus Fernandes Santos Da Rocha, 18 anos, foram autuados por tráfico de drogas e associação ao tráfico.

“Todos os mandados foram cumpridos, inclusive um mandado do estado de Minhas Gerais. A justiça mineira já foi comunicada sobre a prisão desse indivíduo e todos já foram encaminhados ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de Viana”, explicou o chefe da Divisão Patrimonial, delegado Fabiano Rosa.

Um conduzido de 67 anos foi autuado em flagrante posse ilegal de arma de fogo, pagou fiança e responderá em liberdade. As diligências também resultaram na apreensão de quatro armas de fogo, munições e drogas.

O tenente Santana, do 7º Batalhão da Polícia Militar, explicou que operações como esta impactam diretamente a vida da comunidade local. “Quando tiramos traficantes de circulação, automaticamente influenciamos no cometimento de crimes contra a vida. As armas que são tiradas de circulação seriam utilizadas no cometimento de crimes, como tráfico de drogas e homicídios. Portanto, operações com estes resultados influenciam trazendo paz para a comunidade”, frisou.

COMPARTILHAR
Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar? Powered by QuadLayers
Close

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios