Destaque

Detran|ES divulga lista dos 2.500 contemplados da segunda fase do CNH Social 2019

Os selecionados devem se atentar para todos os prazos estabelecidos para os procedimentos necessários aos processos de habilitação.

O Departamento Estadual de Trânsito do Espirito Santo (Detran|ES) divulgou, nesta segunda-feira (30), às 12h, a lista dos selecionados na segunda fase do programa CNH Social 2019. O Governo do Estado disponibilizou 2.500 oportunidades para processos de primeira habilitação, adição e mudança de categoria totalmente gratuitos.

Os candidatos que se inscreveram devem acessar a lista de selecionados no site www.detran.es.gov.br na aba “CNH Social” e verificar se estão entre os contemplados. Aqueles que foram selecionados têm o prazo de 15 dias, a partir desta segunda-feira (30), para realizar a matrícula on-line no site do Detran|ES e ter acesso à informação de em qual Centro de Formação de Condutor (CFC) deverá realizar a abertura do seu processo de habilitação, bem como os documentos necessários que deverá providenciar.

Os selecionados devem se atentar para todos os prazos estabelecidos para os procedimentos necessários aos processos de habilitação. Os candidatos que não respeitarem esses prazos serão desclassificados e perderão o benefício.

Chance para suplentes

Para aqueles que não foram selecionados nesta segunda fase, haverá uma nova oportunidade. No dia 18 de novembro, será feita uma chamada única de suplentes no site do Detran|ES após desclassificação de candidatos que não respeitarem prazos estabelecidos no processo. Na primeira fase, foram chamados 557 suplentes. Esta é mais uma novidade que o Detran|ES incorporou ao programa neste ano.

Empregabilidade

O diretor geral do Detran|ES, Givaldo Vieira, reforça que a finalidade principal do programa vai além e proporcionar a habilitação gratuita ao cidadão capixaba, têm o objetivo de dar mais oportunidade de emprego aos contemplados.

“O principal objetivo desta edição do programa é preparar o contemplado para o mercado de trabalho a partir da habilitação, com foco na capacitação profissional e no aumento da empregabilidade. Por essa razão, todas as carteiras oriundas do programa têm registrada a observação de que o habilitado exerce atividade remunerada. Além disso, queremos oferecer a oportunidade de capacitar esses novos condutores de categorias profissionais com cursos especializados”, disse.

Nesta edição, o Detran|ES ampliou a quantidade de vagas voltadas para a Adição de Categoria A ou B (20%), e Mudança de Categoria D ou E (40%), que são as categorias profissionais. Já a primeira habilitação (A ou B) tem 40% das vagas.

Também foi incluída a Etapa de Sensibilização pela Vida no Trânsito para os concluintes do Programa CNH Social 2019. O objetivo da iniciativa é impactar os novos condutores e aqueles que fizeram adição ou mudança de categoria sobre os riscos e consequências de atos indevidos nas vias por meio de dinâmicas, como apresentações teatrais, exposições e testemunhos. “Essa etapa torna o CNH Social uma política pública completa de cunho social e também de defesa da vida”, assinalou Givaldo Vieira.

Seleção

As inscrições foram realizadas entre os dias 17 e 26 de setembro e atraíram 51.417 interessados, que se cadastraram pelo site do Detran|ES. Os candidatos foram selecionados segundo os critérios previstos Decreto Estadual Nº 4423-R, de 03 de maio de 2019, que considera menor renda per capita, maior número de componentes no grupo familiar, candidatos com Ensino Fundamental completo, beneficiário do Bolsa Família e data e hora de inscrição. Entre os candidatos que se declararam Pessoas Portadoras de Deficiência (PCD), foram contemplados somente aqueles cuja deficiência não impeça a obtenção da CNH, na forma da legislação de trânsito vigente.

Neste ano, o programa já disponibilizou um total de cinco mil vagas para primeira habilitação, adição e mudança de categoria na carteira de motorista. Mas, conforme anunciado pelo governador Renato Casagrande, serão disponibilizadas em quatro anos o total de 25 mil CNHs em todo o Estado.

Só conseguiram se inscrever nesta segunda fase aquelas pessoas que estavam em situação regular no Cadastro Único do Governo Federal, até 16 de agosto de 2019. Aquelas pessoas que ainda não estão inscritas, que atualizaram o seu cadastro recentemente ou estão com seus cadastros desatualizados e não conseguiram se inscrever no programa CNH Social, podem concorrer à habilitação gratuita no próximo processo de seleção.

Dúvidas

Para esclarecer dúvidas a respeito do programa CNH Social, envie um e-mail para cnhsocial@detran.es.gov.br.

COMPARTILHAR
Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?
Close

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios